Cumprimento das metas do RenovaBio pode demonstrar interesse na redução de emissões

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) publicou na última terça-feira (19), o cumprimento das metas de 2019-2020 da Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio). Os resultados, segundo o presidente da União da Indústria da cana-de-açúcar (Unica), Evandro Gussi, demonstram que os agentes do mercado de combustíveis estão dispostos a reduzir as emissões de gás carbônico.

Segundo a ANP: “foram apresentados 14.535.334 CBIOs por distribuidores de combustíveis até 31/12/20, correspondendo a 97,6% da meta compulsória anual de redução de emissões de gases causadores do efeito estufa fixada pelo CNPE para os anos 2019-2020.” 

Em nota, a Única especifica que 65% dos produtores de etanol brasileiros – que representam 85% da produção nacional – integram o RenovaBio e emitem CBIOs.

Vale lembrar que no fim do ano passado os objetivos do programa foram reduzidos graças aos efeitos da pandemia do novo Coronavírus, no entanto, 135 distribuidoras ainda apresentam metas a serem cumpridas.

+ Confira as metas individuais 2019-2020 publicadas pela ANP.

Para mais informações acesse: ANP e NovaCana

Foto:  Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.